Sustentabilidade

July 5, 2017

Brazil Placeholder
Brazil

Sustentabilidade

Sobre esta organização: 

Nome: ASSOCIAÇÃO SOENAMA DO POVO INDÍGENA PAÍTER SURUÍ

País: Brazil

Ano de fundação: 2012

Tipo de organização:  Grupo ou associação indígena

Descrição breve

Fortalecimento sócio cultural dos Paiter Surui internamente e externamente com a divulgação de sua cultura alimentar inicialmente na comunidade escolar, com geração de renda sustentável por meio da comercialização de produtos oriundos da cadeia produtiva do Babaçu.

Elemento ambiental

Florestas

 Tipo de ação

Uso sustentável

Elemento de desenvolvimento sustentável

Segurança alimentar

Objetivo(s) de Desarrollo Sostenible Relacionado(s)

      

Impactos ambientais

De 1982 a 1987, sofreram intensamente os impactos do contato com a sociedade não
indígena, com a migração de milhares de pessoas para a região provocada pelo Programa Polonoroeste . Nesse contexto, perderam metade de seu território para projetos de colonização e empresas. Os Suruí ainda tiveram suas terras invadidas por pequenos agricultores, comprimidos pelas empresas extratoras e empurrados para o interior das terras indígenas. Embora muitas adaptações em sua cultura e uma maior dispersão da população tenham acontecido após o contato com o homem branco, o Povo Paiter luta pela manutenção de sua história fazendo renascer tradições, mutirões e festas. Com alta capacidade de articulação com outros grupos sociais e um pioneirismo inerente à sua índole guerreira, os Paiter têm desenvolvido parcerias e projetos relevantes para a melhoria de vida de seu povo, a exemplo do Projeto Toroya.

Impactos de desenvolvimento sustentável

Aproximadamente 91 hectares é composta por espécies arbóreas, arbustivas e palmáceas. As fitofisionomias existentes reconhecida pelo IBGE para a região se enquadram na Classificação de Floresta Ombrófila Densa de Terras Baixas com Dossel Emergente associada à Floresta Ombrófila Aberta com palmeiras.Com muitos babaçuais espalhados pela TI, a escolha dessa área específica é estratégica as áreas de babaçual existentes na Terra Indígena apresentam grande quantidade de indivíduos produtivos e indivíduos jovens que ainda não atingiram a fase adulta.
A atividade agroextrativista executadano manejo do babaçu não constitui impacto sob as palmeiras, uma vez que somente são coletados os frutos naturalmente caídos e não são previstos raleamentos e desbastes dos indivíduos

Redimensionabilidade

Já acessamos recursos para fortalecer o processo de produção com base na cadeia produtiva do Babaçu com apoios vindos do Fundo Paiter Surui/2014, da Funai/2016 e do Fundo CASA/2015 os quais foram importantes para darmos passos rumo a nossa melhoria da qualidade de vida com alimentos saudáveis.
Portanto, neste novo momento político, social e econômico de nosso País, nós queremos levar nossos conhecimentos para fora, para que nos valorizem e respeitem nossa cultura. Por isso, queremos construir e socializar informações com nossos mais idosos, guardiões e guardiãs da memória Paiter, principalmente no campo da alimentação tradicional, para servir de subsídio a ser trabalhado nas dezenas de escolas dentro de nosso território, assim como para ser ofertado às escolas não indígenas, de forma que possamos mostrar aos não indígenas nossa cultura alimentar, e assim construir um diálogo como detentores de saberes.

Reprodutibilidade

Esse processo de fortalecimento cultural precisa ocupar seu espaço cada vez mais dentro e fora da aldeia, para fortalecer os aliados em defesa de nosso território, para que ao conhecerem possam nos respeitar e nos ajudar a manter nossa terra como espaço de Vida.
Queremos também com isso fortalecer nossa geração de renda, ofertando informações e produtos que podem ser adquiridos livres de agrotóxicos por nós produzidos.
Para que isso se concretize é necessário boa divulgação e boa apresentação dos produtos, pois assim vamos conquistando mais aliados pela informação e pela produção de alimentos saudáveis.

Compartilhe esta solução:

 


 

Equator Blog

About Equator Initiative 

Contact Us

Follow Us: