Floresta Comunitária dos Monges

A Floresta Comunitária dos Monges é uma área de 18.261 ha de floresta sempre verde no noroeste do Camboja. Em resposta à desflorestação generalizada, os monges do Pagode de Samraong adquiriram a proteção legal da floresta e criaram equipas de patrulha, demarcaram os limites da floresta e sensibilizaram as comunidades locais para as questões ambientais. Os monges desenvolveram abordagens únicas para a aplicação da lei com base nos princípios budistas, demonstrando o poder de associar a conservação aos costumes e crenças tradicionais.

Foi criado um comité de cogestão constituído por aldeões locais, autoridades governamentais e ONG para gerir aquela que é atualmente a maior floresta comunitária do Camboja. Embora o abate de árvores e a caça sejam proibidos, os aldeões podem utilizar métodos de pesca tradicionais, recolher madeira caída para construção e colher produtos florestais não lenhosos, como bambu, gengibre selvagem, frutos e cogumelos. O abate ilegal de árvores na floresta foi significativamente reduzido.

 

Factos essenciais 

Vencedor do Prémio Equador: 2012
Fundada em: 2001
Localização: Noroeste do Camboja
Beneficiários: Mais de 3.700 pessoas de seis aldeias
Biodiversidade: 18.261 ha de floresta conservada pela comunidade

 

Estudo de caso

Descarregar em inglês

Descarregar Khmer

 

 

 

 

 

 

 

Encontre outros estudos de caso de vencedores na nossa biblioteca eletrónica


Recursos multimédia relacionados

Silvicultura comunitária dos monges - Camboja (EN)

Visite o nosso Centro Multimédia para explorar a nossa galeria de vídeos.

 Prémio Equador 2010

 Ásia e Pacífico

 Conservação da Biodiversidade

 Silvicultura sustentável


 

Informações de contacto

Venerável Bun Saluth
Aldeia de Samraong
comuna de Samraong
Distrito de Samraong
Província de Oddar Meanchey, Camboja
Tel: (855 12) 315 75
bunsaluth@hotmail.com

 

Partilhar esta página:

[do_widget id=a2a_share_save_widget-2]